fbpx

Lançamento da SmartFarmer Braga

Parceria com a Oikos permitirá à ECG assumir um importante envolvimento na dinamização dos Circuitos Curtos Agroalimentares, através do lançamento da SmartFarmer Braga (Mercado Eletrónico Local de Proximidade) cuja responsabilidade operacional será limitada ao nosso concelho.

O SmartFarmer Braga, enquanto conjunto de operadores económicos constituindo um mercado, será regulado pela ECG, em direta e permanente articulação com a Oikos.

Os potenciais utilizadores do SmartFarmer Braga serão:

  • Agricultores locais, especialmente de pequena escala e que produzam hortofrutícolas, produtos derivados, transformados, tradicionais e gourmet;
  • Prestadores de Serviços, de todas as áreas da cadeia de valores agroalimentar especialmente de transportes, da área do turismo, promotores de produtos tradicionais locais, entre outros;
  • Consumidores, não apenas individuais/famílias mas também consumidores coletivos, públicos e privados, com ou sem fins lucrativos;
  • Parceiros externos, isto é, entidades externas (por exemplo: clínica médica ou seguros mútuos de saúde, gasolineiras, livrarias, farmácias, centros culturais, etc.) que não comercializam bens ou serviços no âmbito do SmartFarmer, mas que queiram promover campanhas no Portal atribuindo aos seus Utilizadores descontos ou outras mais-valias na aquisição, externa ao Portal, dos seus produtos ou serviços, conferindo vantagens a utilizadores do SmartFarmer e vice-versa;
  • Todas as entidades que queiram tirar benefício da visibilidade do SmartFarmer e nele fizerem publicidade (paga) dos seus bens e serviços;
  • Todas as pessoas e/ou organizações (académicas ou sociais) que queiram tirar proveito das ferramentas do SmartFarmer para se aproximarem e criarem parcerias de outros utilizadores (nomeadamente de produtores) para coprodução ou co-inovação;
  • Agregadores.

Nos próximos dias daremos mais notícias em função do feedback recolhido dos contactos que iremos desenvolver junto das autoridades locais, de potenciais utilizadores e de parceiros externos locais

Esta previsto que a plataforma entre “em produção” (seja, portanto, disponibilizada on-line) já a partir do próximo mês.

Assista a este pequeno vídeo para uma breve apresentação do projeto.

Ou à entrevista difundida ontem pelo canal ECCLESIA.

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: